quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Tirando o Caco de Vidro do Pé

Um lindo caminho, flores, pássaros cantando, crianças correndo... E eu andando descalça, pra aproveitar a maravilhosa sensação de pisar na terra. Passeio finalizado, e de repente, um acidente: pisei num caco de vidro. Dói. Mas eu não consigo tirar. E vou caminhando bem, mesmo com aquele pedacinho de vidro no meu pé. Chego em casa, não consigo tirar, mas consigo andar. Caminho bem e vou vivendo com aquele caco de vidro, sem saber que aquele corpo estranho pode causar infecções.

Meu brother, ES, me contou essa história pra ilustrar o que acontece muitas vezes... Pra ilustrar e me ensinar sobre muitas coisas que eu tenho falado com ele.

Muitas vezes a gente vai andando com cacos de vidro no pé pela vida, simplesmente pq tá com preguiça de parar e tirar. Pq não quer tomar uma atitude. Pq o ato de remover vai causar dor. Eu parei e pensei que é melhor doer agora pra retirar do que doer muito mais depois qd isso virar uma inflamação e, além de ter que retirar, ainda tratar doenças que podem vir por causa disso.

Quantas vezes a gente vive com tantos cacos: brigas sem fundamento, ciúmes, egoísmo, mediocridade, medo... Relações que não são saudáveis, pessoas que não nos abençoam ou até que não abençoamos... Sonhos que ficaram parados no tempo pq eu não acredito ser capaz. Frustrações, desanimo, medo, angustia, depressão.

Eu tenho cacos de vidro no meu pé. Alguns! Eu sei que eu aprendi a viver com essa dorzinha, com esse incomodo. Mas a minha vontade de ter os pés limpos de qualquer vestígio de caco de vidro é muito maior. E eu sei que será muito melhor assim. Sim, eu preciso retirar todos eles!

Já listei meus cacos de vidro e todos já estão em processo de extração. Não ficará nenhum. Ficarei com os pés limpos e saudáveis. Com isso, minha caminhada será bem mais confortável, sem o perigo de qualquer caco de vidro ou vestígio dele me incomodar, me machucar ou trazer algum dano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário