Novo Desafio: Amar. De Verdade!


     "Mestre, qual é o maior mandamento da Lei? " Respondeu Jesus: " ‘Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento’. Este é o primeiro e maior mandamento. E o segundo é semelhante a ele: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’. Mateus 22:36-40

     Nas últimas semanas, minha cidade foi amedrontada por uma situação incomum: um estuprador atacou duas mulheres na BR 116, dentro da cidade e todo mundo ficou com medo. Confesso que eu também fiquei: olhava mais pra tudo e todos, ligava pra minha mãe e não deixava voltar do trabalho sozinha, muito menos a pé, a rotina mudou.
     Na quinta-feira a noite ele foi preso. Me surpreendi com a desenvoltura que ele fala, as palavras que ele usa e, principalmente com os comentários que as pessoas tem feito. Sempre escuto uns 'Bem Feito!', 'Tomara que façam com você o mesmo que você fez com elas na cadeira!', “'Tem que morrer, apanhar bastante agora!' ou ainda 'Os policiais tinham que pegar e bater atá matar', 'Monstro', ou sei lá, até coisa pior deve passar pela cabeça das pessoas. O que me assusta é que muitos desses comentários vem de pessoas que frequentam igrejas, que se dizem cristãs. Onde fica 'O maior mandamento da Lei'? Onde fica o amor? Esses desejos e comentários, isso é amor? Amar o próximo como a nós mesmos é desejar tudo isso a ele?
     Eu entendo perfeitamente que é difícil aceitar a situação, principalmente pras pessoas que sofreram esse abuso, mas... E se esse homem fosse eu, você, um amigo ou conhecido? Desejaríamos o mesmo?
     A Bíblia nos diz que 'Por causa da maldade, o amor de muitos esfriará, mas aquele que perseverar até o fim será salvo.' (Mateus 24:12-13). Numa entrevista que esse homem deu pra um site local, ele disse que 'O que eu fiz não tem perdão'. Por mais difícil que seja, porque eu sei que aquele homem fez muito mal a pessoas, a famílias, Deus tem perdão pra ele. O meu Deus é o Deus que faz os pecados que eram vermelhos como o sangue brancos como a neve, desde que nos levantemos a passamos a fazer o bem, deixando pra trás e combatendo o mal (Isaías 1:18). É um Deus que cura, lava, transforma e realiza maravilhas. Esse homem disse também que 'Não quer sair como entrou'. Se ele realmente não quer sair da forma que está entrando, se ele quer ajuda, se o coração dele está pronto para mudar, Deus pode fazer obras tão grandes que jamais ninguém imaginou, pode curar feridas do passado e liberar perdão. Nada vai mudar o que já passou. Mas o que era velho passou e tudo se faz novo!
     Eu me desafio, a partir de agora a amar todo mundo como eu me amo e não tratar ninguém de uma forma que eu não gostaria de ser tratada. Não. Não vai ser fácil. Mas em Jesus sou mais que vencedora! Uhuull! Esse desafio já está vencido!
     Deus, obrigada pela minha vida, minha família, tudo que o Senhor é na minha vida, pelo meu amigo ES que me ensina sempre! Me ensina a amar todas as pessoas, e se eu não tiver nada de bom pra falar delas, que eu somente ore por elas. Amém! 

2 pitacos:

kerollen Soares 26 de junho de 2012 23:15  

Nossa amiga, to impressionada com suas palavras, como sempre você tem as palavras certas. Compartilho com você o medo que passou, o terror, a incerteza, a repulsa das vítimas e ainda assim a compaixão no momento em que ele diz que nao quer sair como entrou, confesso que na hora, esse mandamento de Deus que em sua maioria prevalece em minha vida, me fez acreditar...por um momento, mas nao disse nada, apenas guardei julgando sendo algo que ninguem aceitaria...ou concordaria, ou mesmo q eu era louca de sentir compaixao dele...mas lendo sua publicação vejo que não estou sozinha, ainda em algumas pessoas, como você, o Amor de Deus e ao próximo tem prevalecido. Deus continue abençoando sua vida! E parabéns pelo trabalho! beijos

Werkilaine Martins 26 de junho de 2012 23:18  

Linda!
Toda honra e toda glória é Dele, que nos capacita todo dia!
Que Deus te abençoe muito, muito! O amor Dele é maravilhoso, nos constrange!
Saudades imensas de vc!
Bjoo.

Postar um comentário